ERRO DE LABORATÓRIO

Os erros cometidos por laboratórios que impliquem em dano ao cliente são passíveis de indenização perante a Justiça.
Todos os dias, centenas de pessoas são vítimas do atendimento precário em laboratórios. As instituições que oferecem serviços deficitários colocam em risco a integridade dos pacientes.
Exemplos de erros mais comuns cometidos por laboratórios da área de saúde:
- Diagnóstico incorreto;
- Preenchimento equivocado de informações em formulários e tubos de coleta;
- Falta de esclarecimento sobre os riscos dos procedimentos;
- Falso-positivo (quando o resultado do exame aponta doença inexistente).

CONSEQUÊNCIAS DOS ERROS DE LABORATÓRIOS


Todas as falhas dos profissionais que atuam em laboratórios médicos resultam em prejuízo para o consumidor, sejam eles materiais, psicológicos ou físicos. O transtorno é sofrido também pelos amigos e familiares do paciente.
Muitas vezes as consequências são irreversíveis para o paciente, o que torna a situação ainda mais delicada.
Para que não haja impunidade, o direito brasileiro prevê a possibilidade de reparação, com vistas a obrigar o laboratório a arcar com as despesas decorrentes do erro cometido.

O QUE FAZER DIANTE DE UM ERRO LABORATORIAL?


A relação entre o tomador de serviços e a pessoa jurídica do laboratório é regulamentada pelo Código de Defesa do Consumidor.
Quando o laboratório deixa de observar os padrões de serviço, é possível que seja aplicada uma penalidade civil. Restando provado o dano para o consumidor, a pessoa jurídica é condenada ao pagamento de uma indenização.
Para ter o seu direito respeitado, o cidadão que se sentir lesado pela conduta do laboratório deve, preferencialmente, procurar um advogado especialista na área de indenização por erro de laboratório.
O valor da indenização não reverte o trauma sofrido pelo paciente, principalmente quando o erro do laboratório resulta em morte da vítima. O pagamento da indenização é o mínimo que a instituição pode e deve fazer para compensar os danos sofridos.

O que nosso escritório pode fazer por você?


Para que o laboratório seja responsabilizado é recomendado que o paciente tenha a assessoria de um advogado especialista no assunto.
Converse conosco, relate o seu caso e receba atendimento personalizado com a orientação adequada para o seu processo. Analisaremos o seu caso para oferecer a melhor estratégia para que o causador do dano indenize o seu prejuízo, inclusive oferecendo a análise do prontuário médico por um médico/perito para a perfeita identificação do erro.
Através da consulta, você será informado sobre todos os seus direitos e procedimentos para prosseguir com a reparação dos danos ocorridos.

QUE TIPO DE INDENIZAÇÃO VOCÊ PODE RECEBER?


As indenizações podem ser:
- Por dano material: prejuízo financeiro sofrido em razão do erro laboratorial, com medicamentos, internação, cirurgias etc. O dano material também engloba o lucro cessante, ou seja, aquilo que o paciente deixou de ganhar por estar afastado de suas atividades habituais;
- Por dano moral: todo transtorno sofrido pelo paciente de forma desnecessária, em decorrência do erro do laboratório na prestação do serviço;
- Dano estético: caracteriza-se pela violação direta à integridade física do paciente (exemplo: cicatrizes).
Faça já uma consulta. Somos especialistas na área de indenização por erro de laboratório.

MARQUE UM ATENDIMENTO

Se você precisa de um atendimento especializado com um profissional capacitado, entre em contato com o escritório Silas Muniz Advocacia
WhatsApp WhatsApp